LITERATURA
Livro responde principais dúvidas sobre o câncer de mama
De autoria de Antonio Carlos Buzaid e Fernando Cotait Maluf, VENCER o câncer de mama é dedicado às pessoas saudáveis que querem evitar a doença e aos pacientes e familiares que lutam contra câncer
19/10/2015 - 14h50 | - Atualizado em 19/10/2015 - 14h51 Agência Estado
faleconoscorac@rac.com.br
O câncer é uma doença que de maneira direta ou indireta afeta a todos. No caso das mulheres, o câncer de mama é o tipo mais comum e, no Brasil, as taxas de mortalidade continuam elevadas, em parte pelo fato de o diagnóstico ainda ser feito tardiamente, reduzindo as chances de cura.
No entanto, este mal pode ser vencido com o esforço conjunto de pacientes, familiares, oncologistas e profissionais de diversas áreas da medicina, de enfermeiros a radiologistas, psicólogos e nutricionistas entre tantos outros. E esse exército unido tem todas as armas para vencer o câncer.
Com o objetivo de orientar a população brasileira sobre a doença e ganhar essa batalha, os oncologistas Antonio Carlos Buzaid e Fernando Cotait Maluf editaram este livro com a colaboração de outros profissionais da área médica.
"Temos três armas essenciais que precisamos utilizar: conhecimento, determinação e esperança. Embora muita coisa tenha sido feita, ainda há um caminho importante a seguir para reduzir o impacto do câncer", explica Fernando Maluf.
Na obra, a doença é abordada em seus mais diversos aspectos ? dos fatores de risco aos diagnósticos, da prevenção aos diversos tratamentos existentes no formato de perguntas e respostas. As questões que compõem os 20 capítulos do livro são as mais comuns nos consultórios médicos, feitas pelo público leigo: O que é o câncer? Quais as lesões pré-malignas mais comuns? Quais são os sinais e sintomas do câncer de mama? Quais são os principais fatores de risco? Quais são os tipos de cirurgia?
São 208 páginas com todas as respostas, desde o tratamento à medicina integrativa e até o câncer de mama no homem, que é raro, mas existe.
VENCER o câncer de mama é dedicado às pessoas saudáveis que querem evitar a doença e aos pacientes e familiares que lutam contra câncer. "Felizmente, grande parte das mulheres que desenvolvem o câncer de mama podem ser curadas pelos tratamentos hoje disponíveis. Não esquecendo que os exames de rotina e a detecção precoce são nossos maiores aliados para impedir o avanço dos casos no país e no mundo", completa Antonio Carlos Buzaid.