ESTADUAL
Estudantes de Americana e Indaiatuba são finalista do Concurso Moda Inclusiva
A final do Concurso acontece no dia 9 de novembro, em São Paulo, na capital paulista e os 20 finalistas participarão do desfile de premiação
02/10/2015 - 13h31 | - Atualizado em 02/10/2015 - 14h28 Portal RAC
faleconoscorac@rac.com.br
Os municípios de Americana e Indaiatuba irão participar da 7ª edição do Concurso Moda Inclusiva com duas finalistas. A estudante de moda do Centro Universitário Salesiano de São Paulo (Unisal), Maria Vithória Squilace, de Americana e a estilista Roseli Aparecida Madalozzo de Indaiatuba representam a região com um look para pessoas com deficiência. A final do Concurso acontece no dia 9 de novembro, em São Paulo, na capital paulista e os 20 finalistas participarão do desfile de premiação.

Entre os finalistas do Concurso Moda Inclusiva estão projetos de São Paulo, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, Bahia, Piauí, Distrito Federal e também da Itália e da Índia.

A ideia de tornar o Concurso Moda Inclusiva internacional surgiu da necessidade de convidar participantes a compartilhar soluções inovadoras que podem contribuir no bem estar e na qualidade de vida das pessoas com deficiência, além de apresentar novos conceitos à moda.

O Brasil tem hoje cerca de 45 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência. Somente no Estado de São Paulo, esse contingente ultrapassa 9 milhões. Há um grande mercado de produtos e serviços para atender as demandas específicas desse segmento.