INADIMPLÊNCIA
Caio Castro é condenado a pagar R$560 mil à empresa de relógio
Ator tem uma linha de relógios com seu nome na grife Technos, mas nunca apareceu para gravar a campanha
13/06/2015 - 09h10 | - Atualizado em 13/06/2015 - 09h10 Portal RAC
faleconoscorac@rac.com.br
Foto: Divulgação.
O ator Caio Castro
O ator Caio Castro
Caio Castro - o vilão da novela 'I love Paraisópolis' - foi contratado como embaixador da marca de relógios Technos, mas terá que pagar uma multa de R$ 560mil à empresa, por descumprimento contratual. Ele teria uma linha de produtos com o seu nome, mas nunca apareceu para fazer fotos da campanha nem para gravar os vídeos comerciais. A informação foi publicada pela colunista Patrícia Kogut, do jornal "O Globo", nesta sexta-feira (12) .

Segundo a decisão do juiz Arthur Eduardo Magalães Ferreira, ele terá de ressarcir a empresa por danos materiais, ainda a serem calculados pela Justiça. A determinação foi publicada no Diário Oficial no último dia 20, mas o ator poderá recorrer o processo.

Ainda segundo a empresa, Caio sempre argumentava um compromisso ou imprevisto para não comparecer às sessões fotográficas. Além da inadimplência, a empresa diz que teve um lote de produtos com o nome do ator retido na fábrica e daí a cobrança de danos materiais. O pai do ator, Vitor Castanheira, não quis se pronunciar sobre o assunto.

As informações são do site 'MSN'.

Veja também