ESTREIA DOMINGO
Magnífica 70: sexo e cinema na nova série da HBO
Conflito entre ditadura e liberdade de expressão são abordados nesta série de 13 capítulos que estreia neste domingo na HBO
22/05/2015 - 14h49 | - Atualizado em 22/05/2015 - 15h01 Moara Semeghini
moara.semeghini@rac.com.br
Foto: Reprodução/ Youtube.
Magnífica 70: sexo e cinema na nova série da HBO
Magnífica 70: sexo e cinema na nova série da HBO
 
A nova aposta do canal HBO é a série original "Magnífica 70", a história da Boca do Lixo, nome de uma região do centro de São Paulo que concentrou um polo da indústria cinematográfica nos anos 1970, principalmente as pornochanchadas (termo que é a junção das palavras 'chanchada e pornô'), filmes que abordavam o erotismo e a liberação dos costumes. A primeira temporada de treze episódios começa a ser exibida no próximo domingo (24). 

Na trama, o paulistano Vicente (Marcos Winter) é um homem entediado e sexualmente reprimido que trabalha no departamento de censura do governo do Estado de São Paulo. Ele tem a função de classificar e censurar as produções de cinema feitas durante o período da ditadura militar. Vicente é casado com Isabel (Maria Luiza Mendonça), filha de um general.
Porém, depois de assistir a um dos mais recentes filmes feitos na Boca do Lixo, Vicente se apaixona por Dora (Simone Spoladore), a protagonista da série. Assim que a conhece, ele se envolve em um mundo de sedução e caos.
A série é uma criação da aprceria entre Cláudio Torres, Renato Fagundes e Leandro Assis. Paulo Cesar Pereio, Adriano Garib, Joana Fomm, Bella Camero, Rogério Froes, Stepan Nercessian, Pierre Baitelli e André Frateschi também estão no elenco.

A produção é uma parceria da HBO Latin America com a Conspiração Filmes.
Foto: Reprodução / Facebook.
Simone Spoladore é Dora em Magnífica
Simone Spoladore é Dora em Magnífica