BAIXA AUDIÊNCIA
Diretor da Globo nega crise em 'Babilônia', mas admite antecipação da trama
Silvio de Abreu disse que as mudanças de rumos na novela já surtiram efeitos
09/05/2015 - 15h51 | - Atualizado em 09/05/2015 - 16h02 Portal RAC
faleconoscorac@rac.com.br
Foto: Divulgação
Fernanda Montenegro e Nathalia Timberg se beijaram no primeiro episódio de 'Babilônia'
Fernanda Montenegro e Nathalia Timberg se beijaram no primeiro episódio de 'Babilônia'

O diretor de dramaturgia diária da TV Globo, Silvio de Abreu, negou que uma crise esteja "instalada" em "Babilônia", novela das nove da emissora que tem sofrido com os baixos índices de audiência. Em entrevista ao 'UOL', ele afirmou que a polêmica sobre a trama é grande porque as "pessoas gostam de falar, ainda mais sobre a novela das nove".

Abreu, no entanto, confirmou que a novela está sendo acelerada pelos autores Gilberto Braga, Ricardo Linhares e João Ximenes Braga e que as mudanças nos rumos de personagens já surtiram efeitos.

"Está tudo ótimo e está sendo reformulada pelos autores. Eles apostaram numa série de coisas que não deram certo e tiveram que reformular. Estão adiantando a história e reescrevendo e não eu. Eles estavam contando a história mais lentamente e agora estão acelerando mais. O enredo é o mesmo", disse.

O jornalista José Armando Vanucci, da Jovem Pan, chegou afirmar esta semana que a TV Globo desistiu de salvar a novela. A emissora carioca já teria determinado a redução de menos pelo menos 24 capítulos e trabalharia com a data de 31 de agosto para o lançamento do próximo trabalho de João Emanuel Carneiro, "A Regra do Jogo".
Veja também