VERDADES

5 Motivos para não beber refrigerante

Embora faça parte da rotina de muitos brasileiros, o consumo excessivo pode afetar a saúde
19/05/2015 | - Atualizado em 19/05/2015 - 18h08 Fernanda Bugallo
fernanda.bugallo@rac.com.br
Não importa a hora, o lugar ou até mesmo o motivo. Muitas vezes ao invés do suco ou até mesmo da água, o brasileiro colocou outra bebida para acompanhar as refeições: o refrigerante.
Veja 5 bons motivos para você parar, ou até mesmo, diminuir o consumo.
1. Cáries
5 Motivos para não beber refrigerante
O excesso de açúcar, pode causar cáries. Não tem como fugir. E, convenhamos, dentes podres acabam com o sorriso de qualquer um. O alto nível de açúcar dos refrigerantes pode ser sim, o principal causador de cárie dentária.
 2. Gastrite
5 Motivos para não beber refrigerante
Imagine que tudo o que ingerimos passa por um determinado tipo de "filtro" no nosso estômago. Teoricamente, apesar de sensível, ele é bastante resistente a diversos alimentos e também ao suco gástrico.

Mas, a enorme concentração de açúcar, aditivos, aliados ao Ph ácido podem provocar gastrite e até úlceras.
3.  Infarto
5 Motivos para não beber refrigerante
De acordo com pesquisas realizadas na Universidade de Harvard, o consumo diário de bebida açucaradas por 22 anos seguidos aumenta em 20% as chances de infarto. 
4. Osteoporose
5 Motivos para não beber refrigerante

O excesso de açúcar aumenta o risco de osteoporose, devido à ação do ácido fosfórico que impede a correta absorção do cálcio, enfraquecendo os ossos. Um estudo da Tufts University descobriu que mulheres que bebiam apenas 3 refrigerantes por semana perdiam a média de 4% nas regiões dos quadris de absorção óssea, a mais que outras mulheres que ingeriam outro tipo de bebida.
5. Obesidade
refrigerante

O consumo de refrigerantes é um dos grandes vilões no ganho de peso e na causa da obesidade mórbida. E é natural que o aumento das calorias consumidas causem o aumento de peso, e até mesmo os refrigerantes diet podem ocasionar este problema, pois está comprovado cientificamente que os refrigerantes “Zero” e Light possuem substâncias que imitam o açúcar, fazendo com que o organismo compreenda que a glicose está sendo absorvida, podendo inclusive causar o aumento da cintura.