QUER UMA?

5 Motivos para beber cerveja

Bebida ajuda a prevenir doenças e ainda trata da insônia
18/05/2015 | - Atualizado em 18/05/2015 - 17h59 Fernanda Bugallo
fernanda.bugallo@rac.com.br
Brasileiro que é brasileiro não consegue "viver" sem uma cervejinha no final de semana. Aliás, já começa a segunda-feira pensando no evento que vai ter na sexta, no sábado e no domingo, ou até mesmo no happy hour com os amigos que pode acontecer numa quarta-feira. Tudo isso para experimentar e degustar a famosa "cerveja".

O que pouca gente sabe é que a bebida que já faz parte do cardápio do brasileiro também faz bem à saúde. 

Veja abaixo alguns bons motivos para que você possa beber a cerveja sem depois ficar com peso na consciência:

 1. Evita o cálculo renal

5 Motivos para beber cerveja

Quantas vezes você bebeu cerveja e sente aquela vontade imensa de fazer xixi? pois é,  a bebida é diurética e, de acordo com um estudo finlandês, ela pode reduzir em 40% os riscos de desenvolver pedras nos rins. Claro que tudo precisa ser com moderação, caso contrário, o quadro pode agravar. Segundo os pesquisadores, as mulheres devem consumir até uma latinha da bebida. Já para os homens, o ideal é consumir até duas latinhas por dia.

2. Ajuda a tratar insônia e outros distúrbios do sono

cerveja

Quem nunca ficou relaxado após beber cereja? De acordo com pesquisa da University of Extremadura, na Espanha, o efeito "sedativo" da cerveja pode ser ideal para o tratamento de insônia e distúrbios associados ao sono. O lúpulo presente na bebida aumenta a atividade do neurotransmissor GABA, substância que apresenta efeito sedativo e diminui a ação do sistema nervoso, preparando o organismo para um sono tranquilo. 

3. Ajuda a controlar o colesterol

cerveja

A cerveja, em especial a versão escura, conta com um grama de fibra solúvel a cada garrafa. As fibras são responsáveis por reduzir os níveis de colesterol LDL, reduzindo o risco de doenças cardiovasculares.

4. Previne o Alzheimer

cerveja

Um grupo de cientistas da Universidade de Loyola, nos Estados Unidos, revisou de 34 estudos que relacionam o consumo de álcool e problemas cognitivos, totalizando 365 mil voluntários analisados. Os resultados apontaram que aqueles que bebem cerveja moderadamente apresentam risco 23% menor de desenvolver Alzheimer.

5. Combate a gripe

cerveja

De acordo com um estudo japonês publicado na revista científica Medical Molecular Morphology o lúpulo presente na cerveja possui propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, capazes de inibir a multiplicação do vírus respiratório, contribuindo, inclusive, para a prevenção da pneumonia.