FESTIVAL
Gil e Caetano vão cantar juntos no festival de Montreux de 2015
O show foi recebe o nome de "Dois Amigos, Um Século de Música" e no segundo semestre estará no Brasil
16/04/2015 - 15h53 | - Atualizado em 16/04/2015 - 15h54 Agência Estado
faleconoscorac@rac.com.br
Gil e Caetano vão cantar juntos no festival de Montreux de 2015
O Festival de Jazz de Montreux de 2015 levará aos palcos a dupla Caetano Veloso e Gilberto Gil e anuncia o evento como um dos principais destaques de sua programação no ano. A agenda de shows foi apresentada no dia de hoje (16) pelos organizadores do evento. 

A parada em Montreux faz parte da turnê que os dois músicos anunciaram e que foi batizada de "Dois Amigos, Um Século de Música". A viagem da dupla começa justamente pela Europa e apenas no segundo semestre é que desembarca no Brasil, em shows em Salvador, São Paulo e Rio de Janeiro.

Montreux será, no fundo, uma das primeiras aparições da dupla. No dia 15 de julho, o Auditório Stravinsky da pequena cidade suíça vai cobra até 900 reais por ingresso para ver Caetano & Gil. Quem comprar o ingresso ainda poderá assistir ao show de Maria Gadú, que abre a noite.

"A aventura musical e política de Caetano Veloso & Gilberto Gil é a prova de que algumas amizades são de fato momentos de virada", apontou um comunicado do festival.

"O Brasil não poderia ter feito nada para nos deixar mais exitados que esse diálogo em violão e voz entre os dois filhos mais famosos da Bahia", indicou. "As personalidades líderes do Tropicalismo estão uma vez mais juntos no palco para um evento que fará uma parada em Montreux", declarou a organização do festival, apresentando Caetano & Gil como "irmãos".

Montreux destaca ainda como ambos usaram a "subversão" os uniu na criatividade e que nem o regime militar conseguiu lidar com eles. "Isso levou à prisão e ao exílio", destacam. "Mas essa adversidade fez sua música ainda mais forte", apontaram os organizadores.

Para eles, a dupla continua inspirando artistas pelo País e "continuam escrevendo a história do Brasil todos os dias".

Gil revelou à reportagem que Montreux teve um papel fundamental em sua carreira. Em sua primeira aparição no palco suíço, ele estava prestes a abandonar a música, em 1973. Mas a repercussão de seu show acabou fazendo com que ele mudasse de ideia.

Agenda

Mas os brasileiros não serão os únicos destaques. Em 17 dias à beira do Lago Leman, Montreux trará uma dupla inusitada: Gaga & Tony Bennett, além de Chick Corea & Herbie Hancock. A programação ainda inclui Chemical Brothers, Quincy Jones, Santana, Sinéad O'Connor, Lenny Kravitz, Jackson Browne, Lionel Richie e Dianne Reeves.