CASAMENTO

Cerimonialista dá dicas para escolher o buquê de noiva

Grande, pequeno, médio, artesanal ou artificial, o buquê é um acessório que faz toda a diferença
14/04/2015 | - Atualizado em 14/04/2015 - 21h34 Divulgação
faleconoscorac@rac.com.br
Foto: Divulgação
O buquê é um dos adereços que ganham a atenção dos convidados durante a entrada da noiva
O buquê é um dos adereços que ganham a atenção dos convidados durante a entrada da noiva
A cerimonialista de casamentos e debutantes, Talita Uoya, separou algumas dicas para a escolha do buquê, já que ele é um dos adereços que também ganham a atenção dos convidados durante a entrada da noiva.

Grande, pequeno, médio, artesanal ou artificial, o buquê é um acessório que traz um toque delicado e faz toda diferença. Para não errar, as noivas precisam levar algumas coisas em consideração.

"O buquê é um complemento do vestido, logo ele precisa estar alinhado com o estilo da noiva. Como exemplo, um vestido clássico pede um buquê em cascata, já os que apresentam bordados pedem algo mais simples para não sobrecarregar o visual", explica.

A estatura também é importante. As noivas baixinhas podem optar por um buquê redondo e clássico, para as altas o ideal são ramos grandes e longos. O truque está em deixar tudo proporcional ao seu tamanho.

Em relação às cores a serem usadas, a cerimonialista aponta: "Para as mulheres com pele clara, ficam bem tons brancos. As morenas são favorecidas com cores mais vivas e as ruivas podem abusar dos tons alaranjados. Para alguns, o buquê deve estar de acordo com os tons da maquiagem e a cor do batom, isso pode ajudar as noivas na hora da escolha".

Além disso, cerimônias diurnas pedem modelos delicados e de cores claras, durante a noite cores fortes e brilhos estão liberados. E por último uma dica "coringa" na hora de segurá-lo. "O nervosismo toma conta de toda noiva na hora da entrada, e para ajudar a controlar a ‘tremedeira’, segure o buquê no ossinho lateral da cintura ou encoste o pulso e o antebraço na cintura para deixar as mãos mais firmes", recomenda a cerimonialista.