POETA
Morre o poeta sueco Tomas Tranströmer, Nobel de Literatura 2011
Tranströmer iniciou-se na poesia aos 23 anos de idade e é o poeta sueco mais traduzido na história
27/03/2015 - 13h40 | - Atualizado em 27/03/2015 - 13h40 France Presse
faleconoscorac@rac.com.br
Foto: Divulgação.
Morre o poeta sueco Tomas Tranströmer, Nobel de Literatura 2011
Morre o poeta sueco Tomas Tranströmer, Nobel de Literatura 2011
O poeta sueco Tomas Tranströmer, Prêmio Nobel de Literatura 2011, morreu aos 83 anos, anunciou a editora sueca Bonnier.

Tranströmer, vítima de um acidente vascular cerebral (AVC) em 1990, já estava com a saúde bastante debilitada na época em que recebeu o prêmio pela Academia sueca.
 
O grande poeta
 
Poeta sueco mais traduzido na história. Seus poemas foram traduzidos em mais de 30 línguas, além de receber inúmeros prêmios literários,  como por exemplo o Prémio Literário do Conselho Nórdico em 1990.

Tranströmer iniciou-se na poesia aos 23 anos de idade. O seu primeiro livro intitulava-se 17 dikter (17 poemas). A maior parte da sua obra é escrita em verso livre, embora também tenha feito experiências com linguagem métrica. 

Foi psicólogo de profissão até 1990. Redigiu cerca de uma quinzena de obras numa longa carreira dedicada à escrita.