EXCLUSIVA
Mara Maravilha desliga a tv para beijo gay em Babilônia
Em entrevista exclusiva ao Portal RAC, cantora comenta cenário atual da TV Aberta e afirma não aprovar beijo homossexual em Babilônia
25/03/2015 | - Atualizado em 25/03/2015 - 22h33 Mariane Montedori
mariane.montedori@rac.com.br


Foto: Elcio Alves/ AAN.
A cantora e apresentadora Mara Maravilha
A cantora e apresentadora Mara Maravilha
Ícone dos anos 90, a cantora Mara Maravilha esteve em Campinas para um pocket show em comemoração aos seus 30 anos de carreira. A baiana mostrou ser uma mulher de atitude e não exitou em falar sobre sua posição a respeito do polêmico beijo gay da novela Babilônia, protagonizado por Fernanda Montenegro e Nathalia Timberg.

Sucesso com o público infantil, foi em 1987, quando estreou o programa infantil Show Maravilha, que a cantora viu seu nome tornar-se uma febre nacional. Em pouco tempo, Mara virou um dos maiores ídolos infantis da história da televisão brasileira, juntamente com Xuxa, Angélica e Eliana. Seu programa no SBT chegou a ser o segundo programa infantil em índices de audiência no país, somente perdendo para o estrondoso Xou da Xuxa.
 
Questionada sobre sua posição em relação aos programas infantis contemporâneos, Mara afirma que não é adepta à assistir fervorosamente à TV,  mas gosta de produzir.
 
"Hoje nós temos a TV fechada, direcionada para determinados públicos, mas na TV aberta eu vejo muita mudança, como a Xuxa que saiu da Globo e foi para a Record. Isso para mim mostra uma mudança no quadro da Televisão brasileira."

Sobre a novela, ela continua: "Eu escolho o que eu assisto. Então, eu já não assistiria (respondendo a respeito do beijo gay). Só pelo nome eu já não assistiria. Isso não quer dizer que eu não assista novela, ou que eu não assista 'essa' ou 'aquela' emissora, mas em relação a essa cena, não era algo que eu gostaria de ver. Nem de estar numa sala, com minha família, e assistir", aponta a evangélica. 

Os detalhes estão no vídeo abaixo com o jornalista Eduardo Gregori. Olha Só

 
Veja também