RESPOSTA
Grife de Luciano Huck se desculpa após polêmica sobre pedofilia
Criada para o Carnaval, algumas pessoas alegaram que a frase estampada na camiseta incentivava a pedofilia e a cultura do estupro
04/03/2015 | - Atualizado em 04/03/2015 - 15h02 Portal RAC
faleconoscorac@rac.com.br


Foto: Divulgação.
'Vem ni mim que to facim' vira estampa de camiseta infantil da grife de Luciano Huck
'Vem ni mim que to facim' vira estampa de camiseta infantil da grife de Luciano Huck
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
A grife “Use Huck”, que pertence ao apresentador Luciano Huck, se pronunciou a respeito da estampa polêmica de uma camiseta infantil lançada pela marca.

Por meio de comunicado publicado no site da empresa, os representantes da marca pediram desculpas e disseram que a divulgação da peça foi um "lamentável erro".

De acordo com a grife, a imagem da estampa foi por engano aplicada digitalmente sobre a foto da modelo com uma camiseta lisa e vendida na versão infantil.

Além disso, a empresa garantiu que o produto não está mais à venda para compras online.

Em tempo: Na última terça-feira (3), a “Use Huck” lançou em seu site, uma camiseta infantil estampada com a frase "Vem ni mim que eu tô facin". Não demorou muito para que a grife fosse acusada nas redes sociais de incentivar a pedofilia.