PAIXÃO

5 passos incríveis para melhorar seu relacionamento

Cumplicidade, paixão, contato físico, prazer e surpreender são algumas das dicas que vamos dar para apimentar seu relacionamento
11/03/2015 | - Atualizado em 11/03/2015 - 16h12 Fernanda Bugallo
fernanda.bugallo@rac.com.br
Foto: Stock photo
5 Passos para melhorar seu relacionamento
5 Passos para melhorar seu relacionamento
Muitos namoros ou casamentos passam por crises , dificuldades na hora de se relacionar com o parceiro e alguns chegam até terminar.
 
Quem nunca ouviu falar na crise dos 3 anos, 5 anos e dos 7 anos? Podem parecer números mágicos, e por isso devemos estar atentos para que o relacionamento não termine por conta da monotonia ou até pelo comodismo. Afinal de contas, é muito fácil ter o parceiro sempre ao lado, conversar sobre dinheiro, casa, compras e tudo mais. Mas e o amor, onde fica?
 
Por isso separamos 5 dicas para que você possa reascender a chama do seu relacionamento:
 
1. Paixão a primeira vista
 
Você se recorda o que mais te chamou a atenção do seu parceiro (a) e fez com que você pedisse ele (a) em namoro? Pare, pense e reflita sobre essa questão. 
 
Essa reflexão pode trazer muitas dicas e segredos de como retomar os elogios que você fazia e as brincadeiras "bobas" de início de namoro quando o casal ainda está passando pelo momento da paixão.
 
Então, deixe o estresse do dia a dia de lado e repense por tudo o que já passaram e como foi o começo do relacionamento. Uma das chaves para a manutenção do namoro ou casamento está bem aí.
 
Ah, mas não adianta só pensar. Você precisa tornar essa reflexão pública para o seu parceiro (a)  e dizer a ele (a) o que você se apaixonar.
 
2. Inove
 
Assim como você precisa inovar no seu trabalho, o relacionamento também precisa do ineditismo. Saia da rotina, teste seus limites e faça coisas diferentes e incríveis com seu parceiro (a). O resultado será mais que especial.
 
Então, antes de inovar responda essas perguntas:
a) O que me traz frio na barriga?
b) O que tenho vontade de fazer e nunca fiz a dois?
c) Até onde eu posso me permitir para realizar vontades minhas e de meu parceiro?
 
Tendo essas respostas na ponta da língua você já terá um norte de como pode vir a fazer coisas diferentes.
 
3. Contato físico
 
 Contato físico é essencial para a manutenção de um bom relacionamento. Depois de um certo tempo, o selinho, o abraço e até mesmo andar de mãos dadas muitas vezes não acontece.
 
Ou ainda pior, pode até acontecer mas torna-se rotina e não dá mais aquele friozinho na barriga. Torna-se "normal". E convenhamos, algo "normal" é muito chato, não é? 
 
Não queira fazer contato físico somente quando quer ter relações sexuais com seu parceiro (a) . Isso é muito chato e acaba se tornando uma obrigação. E o que a gente não quer é ter um relacionamento por obrigação, certo?

Então reaprenda a tocar seu parceiro de forma sedutora, carinhosa e constante. Dessa forma a relação sexual será o "meio" e não o "fim". 
 
4. Amor próprio
 
Pode parecer bobagem ou até mesmo lição de moral. Mas foque em você, ame a você mesmo, faça coisas que te deixem feliz. Dessa forma você estará de bem com a vida e terá mais energia para você mesmo e seu relacionamento. 
 
Lembre-se estando bem consigo mesmo, tudo começa a fluir na vida. 
 
5. Cumplicidade e conversa
 
Não deduza nada a respeito de seu parceiro (a). Conheça seus gostos, sua forma de pensar a respeito da vida, do amor, do trabalho. Não queira mudá-lo. (Aprenda uma coisa: ninguém muda ninguém se ele mesmo não quiser essa mudança). 
 
A boa conversa gera cumplicidade e brilho no olhar. Imagina entender seu parceiro somente com um olhar? Momentos fascinantes podem acontecer como um convite inusitado no meio do jantar e dar uma esticadinha na noite? 
 
Depois de toda essas dicas, se quiser realmente um resumo de tudo é somente um verbo: Surpreenda!