CAÇA ILEGAL
Rinocerontes ganham mostra fotográfica em Campinas
Exposição fica em cartaz até 15 de março no Parque D. Pedro Shopping
23/02/2015 | - Atualizado em 23/02/2015 - 19h30 Portal RAC
faleconoscorac@rac.com.br
Foto: Divulgação.
Fotos da exposição estão colocadas em painéis de 80x80
Fotos da exposição estão colocadas em painéis de 80x80
O fotógrafo documental Érico Hiller rodou em 2014 quatro países africanos (Zimbábue, Moçambique, África do Sul e Quênia) para denunciar a caça ilegal de rinocerontes no continente. O resultado do trabalho pode ser conferido em 24 fotos que compõem a exposição 'A Jornada dos Rinocerontes', em cartaz a partir desta quinta-feira (26), no Parque D. Pedro Shopping, em Campinas. A mostra tem entrada gratuita e segue até o dia 15 de março.

Os animais são caçados e abatidos ilegalmente para a retirada do chifre (feito de queratina), utilizado, supostamente, com finalidade medicinal, sem comprovação científica. Sensibilizado com a situação o fotógrafo, também colaborador da National Geographic Brasil, começou uma pesquisa sobre o rinoceronte, animal que habita o planeta há 50 milhões de anos.

"Não dá para fecharmos os olhos para o problema da caça ilegal. É um absurdo que este animal possa ser extinto nos próximos cinco anos, na nossa geração. É uma questão tão grave e perturbadora que temos de nos posicionar", afirmou
Hiller.
 
Serviço
A Jornada do Rinoceronte
Data: de 26 de fevereiro a 15 de março
Local: Entrada das Pedras do Parque D.Pedro Shopping - Rodovia D. Pedro I, km 137, s/n - Campinas, SP
Horário: segunda a sábado das 10h às 22h; domingos das 12h às 20h
Entrada gratuita