COISA DE GRINGO?
Brasil não é um país confiável para mulheres viajarem sozinhas, diz site
Lista foi publicada pelo jornal britânico Daily Mail
25/02/2015 | - Atualizado em 25/02/2015 - 13h36 Portal RAC
faleconoscorac@rac.com.br
Foto: Istock .
Matéria coloca o Brasil na segunda posição entre as nações perigosas
Matéria coloca o Brasil na segunda posição entre as nações perigosas
 
É mulher? Vai viajar sozinha? Cuidado, afinal, o Brasil ficou como vice-campeão no quesito lugares mais inseguros para mulheres que viajam sozinha. A lista foi publicada pelo jornal britânico Daily Mail e foi baseada em dados da organização YouGov. O país do carnaval perde apenas para a Índia.

Entre os motivos citados pela publicação foi a festa popular, que segundo eles, mascara os problemas nacionais. "Imagens estonteantes de mulheres com pouca roupa do famoso carnaval do Rio fazem pouco para mascarar o fato de que permanece o problema da violência de gangues criminosas e da polícia abusiva no Brasil”, descreve o texto da publicação.

Embasamento

A argumentação foi baseada em dados do Ministério da Saúde, segundo os quais o número de estupros no País aumento 157% entre 2009 e 2012. O Daily Mail ainda relembra o caso de uma turista norte-americana que foi estuprada no Rio de Janeiro em 2013, para justificar a posição do Brasil. O 8º Anuário do Fórum de Segurança, divulgado no ano passado, já apontava o estupro como um problema nacional. A estimativa de 50 mil casos seria apenas a oficial, enquanto o número real seria o triplo.

“As autoridades tentaram melhorar a situação durante a Copa do Mundo de 2014, mas o estupro, a violência de gênero e os roubos a mão armada de turistas permanecem um problema”, concluiu o jornal.

Corajosas

Nenhuma das mulheres que foram entrevistadas pelo jornal disseram que deixariam de visitar nosso país por esse posicionamento. A blogueira e viajante Amanda Willians, por exemplo, afirmou que as mulheres devem ser espertas na hora da viagem. "“Eu diria que as mulheres devem ser espertas e ouvir os seus instintos. Não façam nada que você não faria em casa, como beber demais e sozinha, não ficar vagando durante a noite, não ir para a casa de estranhos, e ficar atenta a golpes comuns”.
 
Veja também