REPERCUSSÃO
Loja de construção vira quase um Sex Shop na Inglaterra
No filme 'Cinquenta Tons de Cinza', Christian Grey visita uma loja de ferragens para comprar corda, braçadeiras e fita
11/02/2015 | - Atualizado em 11/02/2015 - 17h27 Portal RAC
faleconoscorac@rac.com.br
Foto: Reprodução.
Uma cadeia britânica de lojas de construção pediu a seus funcionários para que se preparem para tender os clientes inspirados pelo sadomasoquismo de "Cinquenta Tons de Cinza" em busca de cordas ou até mesmo fita isolante.    Um documento interno da rede B&Q, reproduzido pelos jornais britânicos nesta terça-feira (9), finroma os 20 mil funcionários que terão a sua disposição, nas 359 lojas, cópias do livro best-seller de E.L. James, que acaba de ser transformado em filme.    Lojas B&Q treinam equipes para vender artigos 'quase eróticos'
Uma cadeia britânica de lojas de construção pediu a seus funcionários para que se preparem para tender os clientes inspirados pelo sadomasoquismo de "Cinquenta Tons de Cinza" em busca de cordas ou até mesmo fita isolante. Um documento interno da rede B&Q, reproduzido pelos jornais britânicos nesta terça-feira (9), finroma os 20 mil funcionários que terão a sua disposição, nas 359 lojas, cópias do livro best-seller de E.L. James, que acaba de ser transformado em filme. Lojas B&Q treinam equipes para vender artigos 'quase eróticos'
 
O clima do filme "Cinquenta tons de Cinza" está tomando conta de lojas de construção britânicas. E nunca ficou tão fácil inovar na hora "H". 
 
A cadeia britânica de lojas B&Q pediu a seus funcionários para que se preparassem para atender os clientes inspirados pelo sadomasoquismo do filme em busca de cordas ou até mesmo fita isolante.

Um documento interno da rede B&Q, reproduzido pelos jornais britânicos nesta terça-feira (9), informa os 20 mil funcionários que terão a sua disposição, nas 359 lojas, cópias do livro best-seller de E.L. James, que acaba de ser transformado em filme.

"Incentivamos o pessoal a se familiarizar com o conteúdo de "Cinquenta Tons de Cinza" lendo o romance ou assistindo o filme quando estrear", afirma.

Além disso, pede aos funcionários que se preparem para repsonder perguntas "delicadas"de clientes e que o façam de maneira "educada, atenciosa e respeitora".

"Mais do que melhorar sua casa", diz o texto, "estes produtos são destinados a atender os anseios sexuais não convencionais de Mr. Grey".

Gostou da idéia?
 
Fonte: AFP