EM RITMO DE FESTA

Euforia pode atrapalhar seu carnaval

Pesquisa revela que 88% dos cariocas fariam sexo sem camisinha no carnaval
12/02/2015 | - Atualizado em 12/02/2015 - 14h18 Portal RAC
faleconoscorac@rac.com.br
Foto: Reprodução
Sexo e carnaval
Sexo e carnaval
Carnaval é sinônimo de festa, alegria, música, energia e muitas vezes bebidas e até mesmo drogas. Além disso, a prática sexual é comum nessa época até mesmo com pessoas desconhecidas. Por isso, sua melhor amiga nessas horas será a camisinha.

Então, além de se preocupar com a fantasia, com a bebida ou com seu abadá, não esqueça de estar bem acompanhado (a) com seu preservativo. Afinal de contas, na folia e na empolgação tudo pode acontecer. 
 
O preservativo, além de evitar uma gravidez não planejada, combate as doenças sexualmente transmissíveis e a Aids. 
 
Uma pesquisa encomendada pelo Globo ao Laboratório de Pesquisa da UniCarioca revelou que 53% fizeram sexo sem camisinha sempre ou diversas vezes no último ano - se contados os que deslizaram elo menos uma vez, o percentual sobe para 75%.

Também 88% dos cariocas aceitariam ter um relacionamento com um parceiro que não queira usar a camisinha, sendo que 38% conferssaram que fazem isso sempre ou com frequência. O estudo entrevistou 1074 pessoas, no fim do mês de janeiro, em diferentes regiões do Rio - 73% delas eram jovens de 18 a 29 anos.