CARREIRA

4 dicas para você saber como mandar um currículo por e-mail

Nem todos os contratantes usam o mesmo sistema operacional, por exemplo
26/02/2015 | - Atualizado em 26/02/2015 - 20h44 Divulgação
faleconoscorac@rac.com.br
Foto: Divulgação
Dicas simples, porém importantes, fazem a diferença
Dicas simples, porém importantes, fazem a diferença
Na empresa norte-americana 'Software Advice', cada vaga é concorrida por pelo menos 150 candidatos. Destes, apenas 12 pretendentes têm a oportunidade de uma pré-entrevista por telefone. Muitos desses currículos são rejeitados por erros pequenos, e aparentemente bobos, como por exemplo, a forma como nomeiam seus currículos em arquivos digitais.

Don Fornes, diretor da 'Software Advice', compartilhou algumas dicas de como nomear e formatar seu currículo. Confira:

1) Não nomeie o currículo como "currículo"
Ao enviar o currículo por e-mail, cerca de um terço dos candidatos nomeiam o documento como "currículo.doc" ou "cv.doc". Esse nome pode fazer sentido em seu computador pessoal, mas no computador do contratador será o nome de muitos outros currículos. Ao usar um nome tão genérico, você acaba perdendo a oportunidade de destacar-se. Se você está qualificado para vender, não deve perder a chance de, pelo menos, colocar seu nome no arquivo que te representa.

2) Não use apenas letras minúsculas
Para Fornes, um candidato que só usa letras minúsculas aparenta preguiça e até rebeldia. “Não sei onde essa tendência se originou, talvez com mensagens de texto. Mas currículos assim mostram que o candidato será preguiçoso em outras tarefas e que poderá se rebelar contra figuras de autoridades, como está se rebelando contra seus professores de gramática.”

3) Revise seu currículo antes de enviá-lo
É inacreditável o número de erros gramaticais feitos em currículos. Novamente, esses erros são amostras de que você não presta atenção em detalhes e não revisa seu trabalho.

4) Converta seu currículo para PDF
Nem todos os contratantes usam o mesmo sistema operacional, como por exemplo, Windows. Por isso, evite formatos muito específicos que outros sistemas não reconheçam. O PDF, em português, formato portátil de documento, é uma maneira simples de evitar esses imprevistos.
 
Fonte: Site 'Universia'
 
Veja também