PELO ENEM

Brasileiros podem tentar vagas em universidades portuguesas

Candidatos podem tentar vagas em Coimbra e Algarve
06/02/2015 | - Atualizado em 06/02/2015 - 19h37 Divulgação
faleconoscorac@rac.com.br
Foto: Divugação
Universidade de Coimbra já está na segunda fase de inscrições
Universidade de Coimbra já está na segunda fase de inscrições
Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014 podem concorrer a vagas nas universidades portuguesas de Coimbra e do Algarve. A segunda fase de inscrições na de Coimbra estará aberta até 31 de março próximo. Os resultados da etapa serão divulgados em 13 de abril.

A instituição abrirá ainda uma terceira fase de inscrições, prevista para o período de 13 de junho a 13 de julho. Podem concorrer a vagas nas duas etapas candidatos que deixaram de se se inscrever ou de ser aprovados na primeira, cujo resultado foi divulgado no fim de janeiro.

A nota mínima para o ingresso na Universidade de Coimbra por meio do Enem é de 600 pontos, com pesos diferentes em cada área de avaliação. Para tentar o acesso, o estudante deve fazer a matrícula na página da universidade na internet e apresentar o certificado de conclusão do ensino médio e o resultado do Enem.
 
Algarve

Além de Coimbra, o Inep firmou acordo para aproveitamento de resultados do Enem com a Universidade de Algarve. Neste caso, os estudantes brasileiros podem usar a pontuação dos exames de 2014 e de anos anteriores. A instituição também tem três fases de candidatura — a primeira será aberta em 2 de março próximo.

A oportunidade de estudar em Portugal resulta de parceria do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) com instituições daquele país, firmada em 2014. A Universidade de Coimbra é uma das mais antigas do mundo. Fundada em 1290, por D. Dinis I, sexto rei de Portugal, é referência na Europa. Em 2013, recebeu da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco) o título de Patrimônio Mundial da Humanidade.
 
A Universidade de Algarve congrega unidades de educação superior universitária e politécnica. A instituição aceita candidaturas para os cursos de licenciatura e de mestrado integrados no ano letivo de 2015–2016 de estudantes que tenham realizado o Enem em 2012, 2013 e 2014.
 
Veja também