PÓS-COMILANÇA

Saiba como retomar o equilíbrio alimentar após as ceias

Depois dos excessos alimentares neste fim de ano, é hora de colocar ordem no organismo
25/12/2014 | - Atualizado em 23/12/2014 - 18h28 Divulgação
faleconoscorac@rac.com.br
Foto: Divulgação
Fibras ajudam o organismo no reequilíbrio após exageros nas ceias
Fibras ajudam o organismo no reequilíbrio após exageros nas ceias
Fim de ano é época de se deliciar com pratos pesados e nem sempre tão saudáveis. Peru e chester são aves magras, frutas são ótimas para a saúde, porém a combinação total acaba por incluir maionese, rabanada, panetone, tender e bebidas alcoólicas. Assim, o cardápio “pesa” e é necessário restabelecer o organismo depois de toda a "comilança"?

Segundo a nutricionista Alessandra Luglio, a maneira mais eficaz de retomar o equilíbrio alimentar é investir na dieta balanceada e não esquecer do consumo de fibras solúveis e insolúveis, substâncias que podem ser encontradas em alimentos como aveia, cevada, algas, frutas, leguminosas, e vegetais como batata, chicória, beterraba, alho e cebola.

"As fibras são fundamentais para o bom funcionamento do corpo. Além de melhorarem o trânsito intestinal, elas também atuam no metabolismo dos carboidratos e no controle da glicemia. Além disso, dão a sensação de saciedade, impedindo que você coma mais que o necessário", explica a nutricionista.

No entanto, não é tarefa simples acrescentar fibras na alimentação da maneira que orienta a Organização Mundial de Saúde (OMS). O órgão recomenda a ingestão de 25 gramas de fibras diariamente. "Por isso, existe a opção de investir em produtos que suplementam a ingestão de fibras de maneira prática, ajudando a atingir essa meta".

Além da suplementação, é importante a ingestão de água, a prática de exercício físico e noites bem-dormidas. "Esse conjunto de ações é fundamental para manter a saúde em dia", lembra Alessandra.
 
Veja também