JUSTIÇA
Integrante do grupo 'Molejo' é procurado após atrasar pensão
Mandado de prisão foi emitido pela 2ª Vara de Família do Rio de Janeiro na segunda-feira (24)
27/11/2014 | - Atualizado em 28/11/2014 - 10h42 Portal RAC
faleconoscorac@rac.com.br
Foto: Divulgação/Nicson Olivier.
Lúcio Francisco do Nascimento deve cerca de R$ 30 mil de pensão alimentícia
Lúcio Francisco do Nascimento deve cerca de R$ 30 mil de pensão alimentícia
O integrante do grupo 'Molejo', Lúcio Francisco do Nascimento, é considerado foragido pela Justiça após ter sua prisão decretada na última segunda-feira (24), pela 2ª Vara de Família do Rio de Janeiro. De acordo com a coluna 'Retratos da Vida', do jornal 'Extra', o músico é acusado de dever R$ 30 mil de pensão alimentícia à filha de 13 anos.
 
Lúcio pediu afastamento da banda e saiu da casa onde mora, na Abolição, Zona Norte do Rio. Ele tenta parcelar a dívida com a ex-mulher para evitar ser preso. O vocalista do Molejo, Anderson Leonardo, disse que o grupo se surpreendeu com a decisão da Justiça.
  
“Ficamos surpresos com o que aconteceu. Achávamos que Lúcio estava se entendendo com ela. Mas o grupo não compactua com essa atitude de não pagar pensão. Todos nós temos filhos e, alguns, até netos, e é nosso dever dar o máximo de atenção para eles. Essa é uma situação muito triste”, afirmou à coluna.
 
Já a ex-mulher do integrante, Melissa Borba, informou que não deve aceitar uma nova negociação. “Passei dois anos tentando, pedindo para ele pagar a pensão da menina, que sofre muito com tudo isso, mas ele nunca cumpriu. Agora, fica difícil aceitar esse acordo, pois ele não tem palavra. Dei dois anos de trégua”, disse.
 
Veja também