ERVA
Bob Marley vai virar nome de maconha
19/11/2014 | - Atualizado em 19/11/2014 - 09h23 Portal RAC
faleconoscorac@rac.com.br


Foto: Divugação.
Bob Marley, um amante da maconha e ícone do reggae
Bob Marley, um amante da maconha e ícone do reggae
O  ícone do reggae Bob Marley, um amante da maconha, reviverá 33 anos depois de sua morte, graças a uma marca da erva que levará seu nome e será lançada em 2015, anunciou a família do artista nesta terça-feira.

A "Marley Natural" é descrita como "uma das melhores marcas de canabis, enraizada na vida e no legado do cantor jamaicano", disse a filha mais velha do mítico cantor, Cedella Marley, em entrevista à emissora NBC.

A venda no mercado deste novo produto ocorre no momento em que cada vez mais estados americanos legalizam o consumo de canabis para fins médicos e até recreativos.

"Parece natural que meu pai seja associado a este produto", explicou Cedella Marley, de 47 anos, à NBC, a primeira a anunciar o lançamento da "Marley Natural".

Bob Marley, que morreu de câncer em 1981, com 36 anos, considerava a canabis um ingrediente essencial da fé rastafári e militou ativamente pela legalização da erva.

A lei federal americana proíbe o consumo diário, a venda e a posse de maconha, mas os estados de Colorado (oeste) e Washington (noroeste) legalizaram seu uso.

Oregon, Alasca e a capital federal, Washington, aprovaram sua legalização em referendo, em 4 de novembro, enquanto o governador do estado de Nova York, Andrew Cuomo, autorizou sua utilização em janeiro para fins medicinais.

O prefeito da cidade de Nova York, Bill de Blasio, anunciou na semana passada que as pessoas em posse de uma quantidade inferior a 25 gramas de canabis não serão presas, embora vão continuar a pagar uma multa.

A empresa Privateer Holdings, sediada em Seattle, no estado de Washington, juntou-se à família de Marley para criar a "Marley Natural", que deverá estar disponível no fim de 2015.

"Bob Marley começou a militar pela legalização da canabis há mais de 50 anos. Nós vamos ajudar a continuar esta ação", afirmou Brendan Kennedy, diretor executivo da empresa.

"A erva é feita para curar uma nação, a erva ajuda a meditação, a erva gera melhores vibrações", prosseguiu Rohan Marley, outra filha do músico.