PRAZO

Estudantes podem responder ao questionário do Enade até sábado, 29

O preenchimento é obrigatório e deve ser feito no ambiente virtual destinado ao universitário
25/11/2014 | - Atualizado em 25/11/2014 - 10h01 Da Agência Brasil
faleconoscorac@rac.com.br
Foto: Divulgação
O Enade tem o objetivo de aferir o rendimento dos alunos dos cursos de graduação
O Enade tem o objetivo de aferir o rendimento dos alunos dos cursos de graduação


O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) prorrogou até 29 de novembro o período para resposta eletrônica ao questionário do estudante no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2014.

O preenchimento é obrigatório e deve ser feito no ambiente virtual destinado ao universitário. Aqueles que não responderem estarão em situação irregular no Enade e poderão ficar impedidos de colar grau e receber o diploma, mesmo que tenham prestado o exame. De acordo com o Inep, quem não conseguiu responder as perguntas, deve acessar o sistema online do exame, usando o CPF, nome completo ou nome do curso.

Nesta edição, a prova foi aplicada no último domingo (23). Foram inscritos 483.520 estudantes de cursos de bacharelado, licenciatura e tecnológico.

A cada ano, o exame avalia um grupo diferente de cursos. Os estudantes devem fazer o Enade para obter o diploma, no entanto, não existe um desempenho obrigatório para os alunos. O resultado do exame é usado para compor índices que medem a qualidade de cursos e instituições de ensino superior. O questionário do estudante é um dos instrumentos de coleta de informações do Enade, de caráter obrigatório, que tem por objetivo subsidiar a construção do perfil socioeconômico dos participantes e obter uma apreciação quanto ao seu processo formativo.

Neste ano, participarão do exame alunos de 33 cursos superiores nas áreas de ciências exatas, licenciaturas e áreas afins. Confira a lista dos cursos que participarão do exame de 2014. A divulgação do boletim de desempenho dos participantes do exame está prevista para o segundo semestre do próximo ano.
 
Veja também