BALANÇO

Para professores, provas do segundo dia do Enem foram longas e cansativas

10/11/2014 | - Atualizado em 10/11/2014 - 09h30 Da Agência Brasil
faleconoscorac@rac.com.br
Foto: Divugação
Saiba em quais áreas você deve focar para tirar uma boa nota
Saiba em quais áreas você deve focar para tirar uma boa nota
O segundo dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi marcado por provas mais cansativas, na avaliação de professores ouvidos pela Agência Brasil. Apesar de seguir o padrão de provas anteriores e abordar temas atuais com o mesmo número de questões, o teste deste ano foi considerado mais longo e exigente.

"A prova foi muito longa e a sensação era que não dava tempo para o aluno fazer todas as questões, precisava fazer escolhas", avaliou o professor do Sistema Elite de Ensino, Rafael Coelho. Segundo ele, o exame trouxe textos de autores nacionais, o que é positivo por valorizar a língua e a cultura brasileira. Questões como a exploração sexual, o selfie e o consumo de água foram abordadas no exame. Para ele, é interessante a "busca de conscientizar os candidatos sobre problemas que o país tem".

Ele destacou a questão de matemática sobre o consumo de água. "A questão mostrava que o consumo médio de água no Brasil por pessoa é mais que o dobro do recomendado pela ONU [Organização das Nações Unidas]. Por mais que o Brasil seja um dos países mais favorecidos com água potável, a população pode contribuir para a preservação."

O professor Carlos Fernado Paschoal Oliveira, coordenador dos terceiros anos do Grupo Educacional Alub, concorda que a prova foi bastante cansativa. “Foi mais cansativa que as demais edições porque era mais interpretativa. O candidato tem, em média, três minutos para realizar a questão, o tempo era gasto com a leitura e a interpretação dos itens que eram muito semelhantes”, analisou o professor.

“Eu, que fiz os dois dias de prova, estou em casa muito cansado. E nos dois dias gastei o tempo de prova praticamente todo”, completou, destacando que a prova foi bem elaborada.

A prova trouxe questões sobre a doação de órgãos, campanha de tratamento de lixo, segurança da informação relacionada à questão de espionagem e até mesmo uma charge que mostrava uma selfie de um robô.

"A prova de linguagens manteve o padrão dos anos anteriores, com leitura e interpretação de textos. Tivemos questões típicas de função da linguagem e análise de elementos de coesão. Também várias questões envolvendo o conhecimento sobre cultura brasileira, linguagens regionais e afins. Boa variedade de textos literários, técnicos e bastante utilização de textos de propaganda", analisou o professor do site Descomplica, que oferece aulas pré-vestibular e pré-Enem, Rafael Cunha.

Segundo ele, a prova de matemática também seguiu o padrão do Enem. "Não representou dificuldade maior que no ano passado, foi dentro do que se esperava para uma prova de matemática do Enem."

Hoje, os candidatos resolveram as provas de linguagens e códigos e matemática, além da redação. Ontem as provas aplicadas foram de ciências da natureza e ciências humanas.

O gabarito oficial será divulgado até quarta-feira (12). O resultado individual estará disponível em janeiro.

O Portal EBC e as rádios EBC transmitem, desde as 20h30, um programa ao vivo sobre o Enem 2014. Professores estão nos estúdios em Brasília e comentam as questões das provas. O programa #CaiunoEnem é exibido simultaneamente em áudio para as rádios MEC AM do Rio de Janeiro, Nacional de Brasília, Nacional da Amazônia e em vídeo pela web, no Portal EBC.