CUIDADOS

Descubra como evitar problemas ocasionados pela baixa umidade do ar

Com a falta de chuva, as temperaturas têm permanecido altas; confira como driblar o calor
16/10/2014 | - Atualizado em 16/10/2014 - 20h03 Portal RAC
faleconoscorac@rac.com.br
Foto: Divulgação
Verão: descubra as tendências da estação mais quente e esperada de 2014
Verão: descubra as tendências da estação mais quente e esperada de 2014
O tempo sem chuvas e o forte calor piora a qualidade do ar, porque abaixa a umidade relativa e a concentração de poluentes fica muito mais intensa. O cenário prejudica a saúde de toda a população e para mitigar os problemas, a Secretaria de Saúde da Prefeitura de Valinhos traz orientações preventivas aos cidadãos. 
 
A Secretária da Saúde, Rita Longo, explica que alguns cuidados devem ser tomados, especialmente por crianças, idosos e doentes crônicos, que são mais suscetíveis a doenças respiratórias."Nesta época do ano, sintomas como problemas respiratórios, ardência e ressecamento dos olhos, boca e nariz são bastante comuns", afirma.
 
A especialista destaca como fator principal a hidratação. "O recomendável é ingerir pelo menos dois litros de água diariamente, mantendo assim a hidratação, principalmente das mucosas. O uso do soro nasal é um ótimo aliado neste período de baixa umidade", destaca.

Ainda de acordo com Rita, nesta época deve-se evitar a prática de atividades físicas e esportivas nos horários mais quentes, a permanência exagerada em ambientes com refrigeração à base de ar-condicionado, além dos banhos muito quentes, evitando assim o ressecamento mais rápido da pele. 

"Evitar o acúmulo de poeira e manter a higiene doméstica também é importante e previne problemas alérgicos. Deve-se usar umidificadores de ar, bacia com água ou deixar toalha úmida nos ambientes para colaborar com a melhora na qualidade do ar", completa a secretária da Saúde.

 
Veja também