IBE-FGV

Gestão da Produção é assunto de palestra em Americana

Encontro aberto ao público - com inscrição por telefone - acontece no dia 7 de novembro, às 19h
27/10/2014 | - Atualizado em 27/10/2014 - 18h14 Divulgação
faleconoscorac@rac.com.br
Foto: Divulgação/IBE-FGV
A unidade da IBE-FGV em Americana fica no Jardim São Paulo
A unidade da IBE-FGV em Americana fica no Jardim São Paulo
A tarefa de desenvolver e gerir sistemas de produção tem se tornado cada vez mais complexa. Para falar sobre o tema, a IBE-FGV de Americana oferece palestra gratuita com um dos mais renomados especialistas da Engenharia da Produção, Ricardo Sarmento, no próximo dia 7 de novembro, às 19h.
 
Para participar, basta enviar um e-mail para cleber.santos@ibe.edu.br  ou entrar em contato pelo telefone (19) 3407-7804. A IBE-FGV de Americana, onde será realizada a palestra, fica na Av. Cillos, nº 1070, no Jardim São Paulo.
 
Tema

Na palestra “Vantagens competitivas: produção enxuta e as teorias das restrições”, Sarmento apresenta estratégias modernas para enfrentar o cenário atual, frente às demandas dos clientes e a competição global para melhorar o fluxo de produção e minimizar inconveniências inerentes a seus sistemas de produção.

Autor de vários artigos publicados no Brasil e no exterior, Ricardo Sarmento é uma das maiores autoridades brasileiras no assunto. Doutor e mestre em Engenharia da Produção, além de pesquisador de universidades internacionais, é também presidente da Trilha Desenvolvimento de Projetos, empresa parceira responsável pela disseminação da tecnologia “See-the-future” em grandes empresas do setor siderúrgico, eletroeletrônico, automobilístico, de petróleo, refrigerantes e em médias e pequenas produtoras de bens de capital.

Sarmento é o coordenador acadêmico do MBA em Gestão Industrial da FGV Management e professor dos cursos de MBA empresarial na FGV. Também ministra aulas nos cursos de pós-graduação lato-sensu e mestrado em Engenharia de Produção do Instituto Nacional de Tecnologia (INT), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Universidade Federal Fluminense (UFF) e Universidade Federal do Amazonas (UA), além do PMDP/Brasil - Production Management Development Program, da Coca-Cola Company e dos cursos in-house para empresas como Nokia, Philips, Grupo Simões, CCE, Tupy Fundições, Correios e outras.
 
Veja também