PRÊMIO

Professoras de Campinas vencem o Prêmio Jabuti com livro sobre educação de surdos

Resultado foi anunciado pela Câmara Brasileira do Livro
17/10/2014 | - Atualizado em 17/10/2014 - 18h00 Portal RAC
faleconoscorac@rac.com.br
Foto: Divulgação
Livro foi o vencedor do Prêmio Jabuti 2014 na categoria Educação
Livro foi o vencedor do Prêmio Jabuti 2014 na categoria Educação
O livro Tenho um aluno surdo, e agora?, das professoras Cristina Broglia Feitosa de Lacerda e Lara Ferreira dos Santos, publicado pela EdUFSCar, foi o vencedor do Prêmio Jabuti 2014 na categoria Educação. O resultado foi anunciado pela Câmara Brasileira do Livro nesta quinta, 16 de outubro.

Organizado pelas professoras Cristina Broglia Feitosa de Lacerda e Lara Ferreira dos Santos, o livro reúne 14 artigos voltados a professores que iniciam suas experiências com alunos surdos.
 
A Obra

O objetivo da obra é oferecer, além do conhecimento inicial sobre a educação de surdos e o aprendizado da Libras, o aprofundamento teórico sobre questões importantes que vêm sendo discutidas na área, bem como dar subsídios para a atuação do futuro professor da educação básica junto a alunos surdos.
 
A obra possibilita uma ampla visão dos diversos aspectos relacionados à linguagem dos sinais e ao seu ensino, para subsidiar a formação de professores no atendimentos a alunos privados do sentido da audição.
 
Conceitos
 
São abordados conceitos como concepção de linguagem, a Educação Inclusiva para surdos e políticas vigentes, detalhamentos do funcionamento da Língua Brasileira de Sinais aos iniciantes nessa língua e introdução à gramática da Libras. São ainda problematizadas questões da Política Nacional de Educação e sua articulação com os documentos oficiais que garantem, como direito das pessoas surdas, a educação bilíngue, incluindo estratégias metodológicas e estruturais para o ensino de alunos surdos. A obra abrange também temas como o surgimento da linguagem de sinais, as mudanças sofridas na língua ao longo dos anos, questões léxicas, simultaneidade e iconicidade, até então pouco discutidos na literatura disponível.
 
Veja também