CARREIRA

5 atitudes que bloqueiam a sua criatividade

Ter errado anteriormente não significa que cometerá os mesmos erros no futuro
13/10/2014 | - Atualizado em 13/10/2014 - 21h37
Foto: Divulgação
Fique por dentro de mercado de trabalho
Fique por dentro de mercado de trabalho
A criatividade é uma característica que todas as pessoas podem desenvolver. Muitas vezes, deixamos que o pensamento de que não temos talento suficiente para inovar nos impeça de começar sequer a tentar. Este tipo de atitude pode ter consequências prejudiciais à nossa vida profissional e até mesmo pessoal. A seguir, consulte as cinco atitudes que bloqueiam a sua criatividade:

1. Ter receio da opinião alheia
Não pense que tem que ser o especialista em alguma área específica para expor o seu trabalho. Se você tem ideias únicas, mostre-as. Ter receio da opinião alheia vai bloquear o seu processo criativo e impedi-lo de desenvolver a sua carreira da melhor maneira.


2. Não acreditar que é criativo
Pare de pensar que o seu trabalho não é suficientemente bom e que as outras pessoas têm ideias melhores que as suas. Acreditar nas suas competências é essencial para que elas possam ser aperfeiçoadas e, consequentemente, desenvolvidas. Por isso, evite pensar negativamente. Deixe de dizer que você não tem criatividade.


3. Esperar o “tempo certo”
Esperar que alguma coisa surja do nada para que então comece a desenvolver o seu trabalho não trará qualquer resultado. O “tempo certo” na verdade é o mais cedo possível. Se você quer desenvolver a sua criatividade, se esforce para isso assim que tenha uma oportunidade.


4. Ter medo que algo não funcione
É importante ter em mente que existe sempre a possibilidade de falhar em qualquer que seja a situação. Em um processo criativo são necessárias experiências para testar o que pode efetivamente funcionar ou não. Por isso, deixe esse medo de lado.


5. Pensar nos erros anteriores
Ter errado anteriormente não significa que cometerá os mesmos erros no futuro. Não deixe que pensamentos sobre os problemas passados tomem conta da sua mente. Lembre-se que, tal como já foi citado, errar faz parte do processo criativo e que esse é o caminho para a perfeição.
 
Fonte: Site Universia
 
Veja também