TV Globo é acusada de racismo para o nome de nova série


POLÊMICA X RACISMO
TV Globo é acusada de racismo para o nome de nova série
"Sexo e as Negas" estreia no dia 16 de setembro na emissora
09/09/2014 | - Atualizado em 10/09/2014 - 21h03 Portal RAC
faleconoscorac@rac.com.br
Foto: Divulgação.
Nova série da Globo nem estreou e já causa polêmica
Nova série da Globo nem estreou e já causa polêmica
 
A nova série da Rede Globo, “Sexo e as Negas”, ainda não estreou e já está causando polêmicas. Segundo informações do site 'MSN', a ouvidoria da Secretaria Especial da Promoção da Igualdade Racial já recebeu três denúncias de racismo contra a produção, escrita por Miguel Falabella.

Além disso, diversas organizações do movimento negro e em defesa das mulheres iniciaram na internet uma campanha de boicote ao programa. Agora, a Secretaria está analisando as queixas, para decidir quais medidas deverão ser aplicadas à produção.

Durante coletiva de lançamento do projeto, Falabella comentou a respeito das manifestações: "Eu já vi as críticas na internet. Só no Brasil as pessoas falam do programa antes de assistir. Eu escolhi esse nome como uma prosódia do jeito carioca de falar, inclusive por isso não tem o 'r' em negras. Por esse motivo também tinha que ser eu mesmo falando o nome no final da vinheta. As pessoas precisam encarar com humor".

“Sexo e as Negas” estreia no dia 16 de setembro.
 
 
Veja também