Universia permite download gratuito da obra Jane Eyre, de Charlotte Brontë


RASCUNHO
Universia permite download gratuito da obra Jane Eyre, de Charlotte Brontë
Escritora inglesa é considerada um contraste em relação à escritora Jane Austen
04/09/2014 | - Atualizado em 08/09/2014 - 18h13 Portal RAC
faleconoscorac@rac.com.br
 
Foto: Divugação.
Em Jane Eyre, Charlotte escreve sobre a emancipação da mulher e de seu espírito
Em Jane Eyre, Charlotte escreve sobre a emancipação da mulher e de seu espírito
  
Jane Eyre é um romance da escritora inglesa Charlotte Brontë publicado em 1847. Mas não é um mero conto como outro qualquer. Literatura obrigatória para toda mulher do século XXI, Charlotte mostra a história que retrata a emancipação da mulher e de seu espírito, contrariando os ideais de escritoras como Jane Austen.
 
A obra é comumente interpretada como contrária às ideias da autora de sucessos como 'Orgulho e Preconceito', que, segundo Charlotte, retratava as mulheres como donas de casa que deveriam casar-se para garantir a sobrevivência e não eram aptas a trabalhar. Jane Eyre, pelo contrário, prova que as mulheres são independentes sem terem que se casar.

O livro foi lançado originalmente em Londres, em 16 de outubro de 1847, em 3 volumes. Apesar de possuir ainda vários elementos da literatura gótica, tais como a ambientação em castelos, o clima de mistério sugerido pelo segredo do passado, o período histórico do gótico já havia terminado, e Charlotte Brontë não tem sido considerada dentro desse tipo de literatura.

Jane Eyre é, também, uma história de amor. E como todo romance de qualidade, retrata-o de forma trágica, uma vez que a personagem central se apaixona por um homem prometido que, ainda assim, pede a sua mão em casamento. A obra apresenta fortes críticas à sociedade vivida por Brontë e é revolucionária no contexto literário e social.

A Universia Brasil tem disponibilizado várias obras clássicas, que caíram no domínio público, para download. Se você se interessou, clique AQUI e baixe a obra completa. 
 
Veja também