Polêmico diretor Lars Von Trier voltará para a TV


DE VOLTA
Polêmico diretor Lars Von Trier voltará para a TV
Diretor está fazendo o projeto 'The House That Jack Built' e tem previsão de estreia para 2016
03/09/2014 | - Atualizado em 04/09/2014 - 14h27 Portal RAC
faleconoscorac@rac.com.br
Foto: Divulgação.
Lars Von Trier
Lars Von Trier
 
O diretor Lars Von Trier vai voltar para a TV. A produtora TrustNordisk confirmou que ele está a frente de um novo seriado, com título de  'The House The Jack Built'. A novidade foi divulgada pelo produtor Louise Vesh, que fez o anúncio durante o evento de 'Ninfomaníaca' para a imprensa no último festival de Veneza.
 
E apesar de ainda esconder detalhes da futura série, ele garantiu que vai agradar aos fãs. “Estou feliz em anunciar que o próximo projeto de Lars von Trier é uma série para TV em língua inglesa. Ele tem uma ideia realmente boa sobre mas qual não posso falar no momento. Ele planeja um grande elenco e pelo que pude ver será algo nunca visto na TV'', afirmou.
 
Além disso, o produtor comentou que Von Trier vai investir no elenco. ''Ele quer um elenco grandioso e, pelo que eu ouvi, será algo que vocês nunca viram antes e definitivamente nunca verão novamente'', finalizou.
 
Não vemos uma série dirigida por Lars Von Trier desde 1994, quando ele dirigiu a minissérie sobrenatural “The Kingdom”.
 
Polêmicas
 
Parece que por onde passa, ele leva a polêmica com ele. Quando discursava no Festival de Cannes de 1991, onde ganhou o prêmio de melhor filme com "Europa",  Von Trier chamou o cineasta Roman Polanski, presidente do júri na época, de "anão". Antes de deixar o festival, mostrou o dedo do meio para os jurados. Muito educado não?

Em 2000, o diretor ganhou a Palma de Ouro, com "Dançando no Escuro", que também rendeu o prêmio de melhor atriz para a cantora Björk. Apesar do grande sucesso do filme, os dois tiveram um péssimo relacionamento no set. A atriz chegou a rasgar o figurino de sua personagem e abandonar o set por alguns dias. E ainda escreveu em seu blog que ele precisava de uma mulher para dar alma a seu trabalho:''Lars Von Trier as inveja e as odeia por isso, então precisa destruí-las durante as filmagens e depois esconder as evidências".

Já no Festival de Cannes de 2011, ele posou para fotos com a palavra "fuck" escrita na mão. Em sua entrevista sobre o filme 'Melancolia', ao falar sobre a influência da cultura germânica em sua vida, ele disse: “Eu achava que era judeu, era muito feliz por isso. Mas aí descobri que era nazista, quer dizer, minha família era alemã. Eu entendo Hitler. Claro que ele fez algumas coisas erradas. Mas eu o compreendo." No entanto, mesmo pedindo desculpas publicamente e sendo perdoado pela organização do evento, Von Trier foi declarado  "persona non grata" e banido do evento.
 
A última experiência de Lars Von Trier na TV foi com a minissérie “The Kingdom” (Riget, 1994), que ganhou um remake americano intitulado “Kingdom Hospital” (2004).
 
 
Veja também