2014/2015

Correios divulga concurso público para início imediato e formação de cadastro reserva

Correios prepara concurso para contratação de novos funcionários de níveis médio e superior. Edital ainda sem data definida
01/09/2014 | - Atualizado em 02/09/2014 - 11h27 Mariane Montedori
mariane.montedori@rac.com.br
Foto: Divulgação
Concurso Correios 2014/2015: vagas para níveis Médio e Superior
Concurso Correios 2014/2015: vagas para níveis Médio e Superior


Os Correios ampliarão seu quadro de pessoal, por meio da abertura de um novo concurso. Serão preenchidas vagas imediatas e também formação de cadastro de reserva. De acordo com a assessoria da empresa, o novo edital abrirá milhares de vagas, mas todas as definições necessárias (cargos, lotação, quantitativo e demais regras) ainda estão em aberto.

Não há dados oficiais sobre quando será publicado o edital, uma vez que até o momento não foi oficializada a organizadora. O novo concurso deverá contemplar localidades e cargos para os quais já não há cadastro de reserva disponível. Como acontece tradicionalmente na estatal, deverão ser priorizados os postos de nível médio (operacionais, por excelência), a exemplo de atendente comercial, carteiro e operador de triagem e transbordo.

Você também poderá se interessar por:
- Previso concurso público para o INSS com salário de R$4.400
- Tribunal de Justiça fará concurso para escrevente técnico com salário de R$ 4.528,31

Existe a expectativa de que a empresa preencha algo em torno de 9,9 mil vagas, mas nem todas necessariamente seriam preenchidas em 2014. A remuneração dos novos funcionários dos Correios deverá ficar entre R$1, 8 e 4,6 mil mensais e, por enquanto, uma das melhores maneiras de iniciar os estudos é utilizando o programa da seleção de 2011.

Com base no certame anterior, lembramos aos candidatos que o concurso dos Correios cobra em suas provas matérias como Língua Portuguesa, Informática, Inglês, Administração Pública, além de conteúdos específicos. Na segunda fase, os candidatos a carteiro e operador de triagem e transbordo passam por avaliação física.
 
Veja também