Paulo Coelho celebra 67 anos e lança filme sobre sua vida


NÃO PARE NA PISTA
Paulo Coelho celebra 67 anos e lança filme sobre sua vida
25/08/2014 | - Atualizado em 25/08/2014 - 09h16 Portal RAC
faleconoscorac@rac.com.br


Foto: Divugação.
O autor brasileiro Paulo Coelho
O autor brasileiro Paulo Coelho
 
O autor brasileiro Paulo Coelho completou 67 anos no último domingo, 24,  com um motivo especial para celebrar: o filme "Não Pare na Pista - A Melhor História de Paulo Coelho", que conta a história de sua vida, acaba de ser lançado nos cinemas, no dia 14 de agosto.

Segundo o site 'MSN', em março deste ano, o escritor contou para a revista "Caras" como surgiu a ideia de fazer o filme. Ao lado do diretor Daniel Augusto e da roteirista Carolina Kotscho, ele abriu as portas de sua casa e falou sobre a emoção em ver sua história retratada em um longa-metragem.

"Em 2007 eu tinha visto o filme 'Dois Filhos de Francisco' e tinha achado muito bem feito. Comentei com um amigo e ele falou que conhecia o roteirista. Pensei logo que adoraria ver um filme sobre a minha vida. Mas logo depois eu esqueci. A Carol que pegou na marra e fez", declarou animado. "Eu espero que vocês tenham a mesma alegria que eu tive, com o mesmo sorriso e as mesmas lágrimas", completou.

Julio Andrade, ator que está no ar na novela "O Rebu", assumiu a responsabilidade de interpretar Paulo Coelho nas telonas. Ele contou para a revista "Veja" como foi a preparação para interpretar o escritor e o processo de caracterização.

"Eu o conhecia como todo mundo, apenas, como quem já leu algum livro dele. Eu li 'O Diário de um Mago' aos 15 anos e gostei, acho que passei um pouco pelo 'Alquimista' também, mas não lembro muito das histórias. Lembro mais de ver Paulo Coelho na imprensa. De repente pintou esse filme. Fiquei surpreso", contou.

"O maior desafio para mim foi usar a prótese de cinco quilos com o rosto do Paulo Coelho, que limitou a minha emoção, a minha alma dentro de cena. Eu só tinha o meu olho ali, como ferramenta expressiva. E ser convincente, porque, quando você faz um personagem desses, o risco de cair numa imitação é grande. Eu poderia fazer o jeito de falar dele, mas eu não queria isso, entendeu? Queria que as pessoas acreditassem no que viam, não que parecesse um remedo".

Há 27 anos, Paulo Coelho mantém a tradição de celebrar o seu aniversário no Dia de São José, seu padroeiro, em 19 de março. Neste ano, o escritor reuniu amigos na Fortaleza do Guincho, em Cascais, em Portugal. Ele adotou a tradição espanhola quando fez o Caminho de Santiago, nos anos 80, e, a partir daí, não deixa a data passar em branco.

 
Veja também