BACTÉRIA

Você usa bucha no banho? Então você vai mudar de ideia

A conhecida bucha vegetal pode ser considerada um "festival bacteriano"
26/08/2014 | - Atualizado em 25/08/2014 - 21h50 Portal RAC
faleconoscorac@rac.com.br
Foto: Wikimedia Commons
Bucha vegetal de cucurbitácea
Bucha vegetal de cucurbitácea
Se você é como muitos que usam a bucha vegetal na hora do banho é hora de repensar no que você está fazendo debaixo do chuveiro. Um estudo de 1994 publicado no Jounal of Clinical Microbiology avaliou que esse acessório, tão usado na limpeza corporal por muitas pessoas, pode abrigar e transmitir uma bactéria que pode causar doenças em animais. As informações são do site da revista Exame.

A professora Esther Anger, associada no departamento de microbiologia da Universidade de Cornell, em Nova York, afirma: “As buchas são higiênicas inicialmente, é o modo como são conservadas que vai afetar sua longevidade.”

Quando tomamos banho é natural deixar a bucha no banheiro até que outra pessoa venha e a utilize. No entanto, segundo a professora, esse é o momento oportuno para as bactérias serem cultivadas, pois segundo ela, o ambiente do chuveiro é úmido e com pouca circulação de ar, perfeito para as bactérias.

“Você espalha as bactérias que tirou do corpo no seu último banho”, diz ao HuffPost a dermatologista Michelle Green, certificada pelo conselho médico de Nova York.

“A bucha espalha novamente por seu corpo a sujeira que tirou dele ontem. Quando você se lava com aquele sabonete líquido com perfume de lavanda, na realidade está se esfregando com bactérias com perfume de lavanda."

No entanto se você não pretende abrir mão de usar a bucha, existem algumas medidas necessárias que reduzem os riscos dela se transformar em um "festival bacteriano".

- Deixe a bucha secar fora do ambiente do chuveiro;
- Substitua a bucha se ela mudar de cor ou ficar com cheiro ruim;
- Mergulhe a bucha em uma solução com 5% de água sanitária.
 
Veja também