BIZARRO

As 8 mentiras mais bizarras já vistas em currículos, segundo os recrutadores

Geralmente, as mentiras são encontradas em informações "enobrecidas" pelos profissionais
19/08/2014 | - Atualizado em 19/08/2014 - 18h32 Da InfoMoney
faleconoscorac@rac.com.br
Foto: Divugação
Muita atenção ao elaborar seu currículo
Muita atenção ao elaborar seu currículo
Um estudo realizado pelo site de carreiras CareerBuilder revelou que quase 60% dos gerentes de contratação já pegaram mentiras nos currículos de profissionais e 33% têm visto um aumento significativo de informações falsas no processo seletivo.

Geralmente, os profissionais "enobrecem" as informações contidas nos currículos, como tempo de trabalho ou funções já exercidas. No entanto, alguns acabam exagerando e tentam driblar os recrutadores com mentiras inimagináveis.

Eles listaram as mais memoráveis, confira:

- O candidato incluiu experiências profissionais que eram do seu pai (já que eles tinham o mesmo nome);
- O candidato já afirmou ter trabalhado com o primeiro-ministro de um país que não tinha primeiro-ministro;
- O candidato colocou em seu currículo que já foi campeão de lance livre no basquete da escola. Arrependido, ele desmentiu durante a entrevista;
- O candidato disse já ter sido medalhista olímpico;
- O candidato disse que trabalhou como gerente de obras. Mas, ao relatar a experiência, afirmou ter construído uma casinha de cachorro;
- O candidato disse ter 25 anos de expriência aos 32 anos;
- A candidata disse ter trabalhado por 20 anos como babá de celebridades como Tom Cruise e Madonna;
- No currículo, o candidato afirmou ter passado por três em presas nos últimos anos. Ao confirmar com cada empregador, o recrutador descobriu que, na verdade, o profissional ficou apenas dois dias em um, um dia em outro e nem compareceu no terceiro emprego.
 
Veja também