INSCONSTITUIÇÃO

Câmara aprova leitura obrigatória da Bíblia em escolas de Nova Odessa (SP)

A lei fere a liberdade de crença dos estudantes
21/07/2014 | - Atualizado em 16/07/2014 - 11h11 divulgação
faleconoscorac@rac.com.br
Foto: Divulgação
Câmara aprova leitura obrigatória da Bíblia em escolas de Nova Odessa (SP)
Câmara aprova leitura obrigatória da Bíblia em escolas de Nova Odessa (SP)
O estudo bíblico pode ser tornar obrigatório nas escolas municipais de Nova Odessa e deve atingir cerca de 4.000 alunos em 12 escolas.

A lei já foi aprovada pela Câmara Municipal da cidade de Nova Odessa e agora o prefeito só precisa sancioná-la, ou seja, colocar em vigor.

O estudo imposto será para alunos do 1º ao 5º ano que deverão ler um versículo bíblico por dia.

De acordo com especialistas, a lei, se sancionada, , será inconscituticional, já que fere a liberdade de crença dos estudantes.

O prefeito de Nova Odessa, Benjamin Bill Vieira de Soua (PSDB) ainda não decidiu se vai vetar ou sancionar a lei e a OAB-SP reforçou a incostitucionalidade do projeto, mas só vai discutir alguma medida contra a lei caso seja sancionada.


Comente
Nome:      E-mail:  
Cidade:      Profissão:  
Informe o resultado do cálculo abaixo:
 
   Não divulgar meu email
Comentário:
Quantidade de toques disponíveis: 500