ENRIQUECIMENTO ALIMENTAR

Para driblar calor, Parque Ecológico de Americana serve sorvete aos animais

Para espantar o calor, zoológico realiza enriquecimento alimentar com os animais.
23/08/2013 | - Atualizado em 12/02/2014 - 21h18 Bichos e Pets
faleconoscorac@rac.com.br
Foto: Marília Pierre / Prefeitura de Americana
Animais se refrescam com sorvete em Parque Ecológico
Animais se refrescam com sorvete em Parque Ecológico
Para driblar o calor, sorvetes de frutas e de carnes com sangue são servidos para diversas espécies do Parque Ecológico Municipal de Americana "Cid Almeida Franco".
 
O cardápio faz parte de um enriquecimento alimentar realizado durante o verão, o qual tem por objetivo manter a temperatura do animal, não deixando que o calor a aumente, sem gerar um stress térmico.

Segundo a bióloga do parque, Silvia Machado, este já é um trabalho natural realizado todo o ano. "O enriquecimento alimentar é uma maneira utilizada para refrescá-los que, assim como nós, eles também sofrem constantemente com as altas temperaturas. Tudo é feito para aliviar o stress comum de cativeiro e proporcionar melhor bem estar ao animal".

Segundo o veterinário do zoo, Everton dos Santos, os animais em cativeiro são limitados e a prática de enriquecimento diminui o stress. "O stress térmico pode causar diversos problemas para a saúde como problemas respiratórios e de pele. Esse enriquecimento melhora a saúde de todos, além de mantê-los entretidos, saindo da rotina.
 

Enriquecimento
 
Nesta terça-feira, 12, o enriquecimento foi feito com os sagüis-preto-de-mão-dourada, sagüis-tufos-pretos, sagüis-tufos-brancos, jabutitinga, jabutipiranga, cágado-de-barbicha, muçuã, leões e tigres. Para os sagüis, por exemplo, foram dadas frutas picadas com água de coco e congeladas num pequeno copo e penduradas nas árvores; para os jabutis, um comedouro foi preparado com frutas e água de coco e servido no local e, para os felinos, os picolés foram preparados em uma garrafa pet, com sangue e carne.

Outras atividades são realizadas durante o ano como a inclusão de brinquedos nos recintos; dificultar o encontro de alimentos é uma delas. Também no calor é proporcionada chuva artificial, com esguichos de água para os animais se refrescarem.
 
Os psitacídeos, por exemplo, acabam mergulhando dentro dos locais com água para se refrescarem.
 
 
Veja também



Comente
Nome:      E-mail:  
Cidade:      Profissão:  
Informe o resultado do cálculo abaixo:
 
   Não divulgar meu email
Comentário:
Quantidade de toques disponíveis: 500