CONSCIÊNCIA

Nesta Páscoa, não dê coelho de presente

A taxa de abandono desses animais depois da época festiva chega a 90%
28/03/2013 | Bianca Pissardo
Foto: Divulgação
Coelhos
Coelhos


Muitas pessoas querem inovar na Páscoa e ao invés de dar ovos de chocolate, dão coelhos.
Quando filhotes, assim como todos os animais, são 'fofos' e até parecem de brinquedo, mas não são.
Eles crescem e precisam de cuidados e também espaço, apesar de serem animais pequenos.
 

Coelhos vivem em média 10 anos e precisam se exercitar, por exemplo. Esses animais devem viver dentro de casa (nunca em quintais a mercê das mudanças bruscas de temperatura), e além disso, necessitam de uma alimentação balanceada.
 

Assim que esses animais crescem, passando da fase de filhote para adulto, o que leva pouco tempo após a 'aquisição' do coelho, as pessoas começam a se incomodar com as atitudes do bicho.
Se soltos em casa, eles buscam fios para roer e não se dão bem com outros animais como cachorros e gatos.
Além disso, não são animais apropriados para crianças muito pequenas, já que não são bichos para ficar no colo pois eles se sentem ameaçados e podem morder.
 

Deixá-los em gaiolas é outro erro grave.
O espaço reduzido pode levar a morte do animal em pouco tempo, além de ser uma crueldade com o coelho.

 

O abandono após a Páscoa

De acordo com Flávio Lamas, presidente da Associação Amigos dos Animais de Campinas (AAAC), cerca de um mês após a Páscoa o abandono começa, geralmente no meio de algum matagal ou mesmo soltos à mercê da própria sorte.“Só aqui no abrigo temos mais de 20 coelhos vítimas deste abandono. É muito triste ver que esses animais são vistos como presentes e logo após descartados, por isso é importante a consciência das pessoas em não comprar um animal deste por impulso”, explica Flávio.
 


Foto: Bianca Pissardo.
Coelhil AAAC
Coelhil AAAC




Engana-se quem pensa que ao soltar um coelho no meio de qualquer área verde ele irá sobreviver. Eles morrem de fome por não serem selvagens ou até de ataque cardíaco com a aproximação de algum predador.








Por isso, nesta Páscoa, analise se um coelhinho é realmente o melhor presente.
Depois desta data ele precisará de cuidados e lembre-se: abandono e maus-tratos é crime previsto na Lei 9605/98 (Lei de Crimes Ambientais).



Foto: Bianca Pissardo.
Coelhil AAAC
Coelhil AAAC































 



Comente
Nome:      E-mail:  
Cidade:      Profissão:  
   Não divulgar meu email
Comentário:
Quantidade de toques disponíveis: 500